Xaxim pré-histórico – uma samambaia gigante

Quero Quero – Ave de canto característico presente em todas as regiões do país
Bicho preguiça – mamífero parente dos tatus e tamanduás, são espécies remanescentes de enormes preguiças da época dos dinossauros

Xaxim pré-histórico – uma samambaia gigante

xaxim_abreNo Parque Estadual do Itapetinga (Atibaia) existe uma floresta destas espécies seculares que podem chegar até 10 metros de altura, obtendo aparência de uma palmeira.

Açú significa grande em língua indígena. O uso excessivo desta planta como xaxim de mudas domésticas levou ao risco de extinção sendo proibidas a sua exploração e comercialização pelo Conama (Conselho Nacional de Meio Ambiente).


Pode ser considerada pré-histórica.

Era encontrada em abundância em toda a Mata Atlântica e leva até 100 anos para atingir idade adulta.

Os vasos que antes eram feitos de xaxim, agora podem ser de fibra de coco, uma solução biodegradável e conservacionista.

Existem até lendas em torno das sementes e frutos da samambaia Açu.

É conhecida também por samambaia-açú imperial e xaxim-bugio, além de seu nome científico em latim Dicksonia sellowiana. Tem propriedades medicinais e é usada para tratar a hemorragia.

Ajude a preservar nossas matas. Não utilize e denuncie o uso de xaxim.

[frame align=”left”]especie-secularEspécie Secular[/frame]