Alsácia, o paraíso dos vinhos brancos

Champagne, região vinícola do Nordeste da França que é sinônimo de vinhos espumantes
O Mundo do Vinho (I)

Alsácia, o paraíso dos vinhos brancos

alsacia_abreA Alsácia é uma região vinícola da França, localizada no leste do país e faz fronteira com a Alemanha e Suíça.

Esta região já se alternou entre alemães e franceses ao longo dos dois últimos séculos. A disputa seguiu até o final da II Grande Guerra, quando a região voltou a ser parte da França.

Na verdade, desde os primórdios tempos pré-históricos se alternaram caçadores nômades, depois os Celtas e em 58 AC chegaram os Romanos. Estes últimos iniciaram o cultivo de videiras e logo construíram fortificações para proteger o campo em produção. Estas edificações se transformaram em comunidades que vivem até hoje na região, sempre cultivando o vinho.

A região encontra-se entre o Rio Reno e as montanhas Vosges, que a protegem da chuva intensa. Este local tem poucas precipitações e invernos rigorosos. No verão esquenta. Estas condições favorecem a cultura vinícola, principalmente para a produção de vinhos brancos.

A população, em grande parte tem origem alemã e que se comunicam por meio de dialeto próprio da região (o alsaciano), o que também ajuda a explicar o cultivo de alguns tipos de uvas em ambos os lados da fronteira.

Apenas 10% dos vinhos produzidos na região são tintos, com uvas Pinot Noir. As uvas de maior cultivo são para vinhos brancos. Quase 50% da área cultivada é de uvas Riesling e Pinot Blanc, mas outras como Gewurztraminer e Silvaner, Moscatel, Auxerrois e Chasselas também tem grande produção.

As uvas Riesling são originárias da Alsácia e resultam em vinhos ricos e com potencial de envelhecimento de longo prazo, garantindo assim acidez e aroma frutado.

Conheça alguns dos ótimos vinhos da Alsácia disponíveis na Cave Jado:

Cuvée Collines de Granit 2011

Cuvée Rayon de Lune 2010

Cuvée Riesling Tradition 2011