Quero Quero – Ave de canto característico presente em todas as regiões do país

Teiú – O dragão brasileiro pode atingir 2 metros de comprimento
Xaxim pré-histórico – uma samambaia gigante

Quero Quero – Ave de canto característico presente em todas as regiões do país

queroquero_abreAve típica da América do Sul, que tem em seu nome uma onomatopéia de seu canto.

Alimentam-se de invertebrados, moluscos e peixinhos.

Vivem em casais e os machos, para protegerem o ninho, podem atacar os humanos. É utilizado como ave de guarda, pois conforme a entonação de seus gritos pode significar a aproximação de intrusos ou sinal de perigo.

Sua cor é cinza, faixa preta que desce o pescoço, com rajados castanhos e ornamentos na cabeça. O Bico e as pernas são vermelhos e eles possuem esporões em baixo da asa.

Já foram vistas cenas destes animais invadirem campos de futebol, nas praias eles circulam pela beira mar e se confundem com as gaivotas e no campo estão a emitir os primeiros sons nas manhãs de calma dos pastos.

Encontramos esta ave em quase todas as viagens do Olhar Turístico e já fizemos muitas imagens deste belo animal.

Rui Barbosa, 1914

“Este pássaro curioso, a que a natureza concedeu o penacho da garça real, o vôo do corvo e a laringe do gato, tem o dom de encher os descampados e sangas das macegas e canhadas com o grito estrídulo, rechinante, profundo, onde o gaúcho descobriu a fidelíssima onomatopéia que o batiza”

[frame align=”left”]muito-avistados-no-litoralMuito avistados no litoral[/frame]

[frame align=”left”]quem-cuida-dos-ovos-sao-os-machosQuem cuida dos ovos são os machos[/frame]

[frame align=”left”]voo-garciosoVoo gracioso[/frame]